quarta-feira, 22 de abril de 2009

PERSEGUIÇÃO, UMA PRÁTICA COMUM NA POLÍTICA BRASILEIRA(LEANDRO SILVA)

Brasil, terra de um povo humilde, solidário, de gente trabalhadora, um povo formado por contribuições culturais de variadas partes deste planeta, essa formação tem sua marcar mais forte: A luta contra opressão, de espertalhões que invadiram, roubaram, mataram, se apropriaram da riqueza coletiva dentre outros crimes cometidos contra a humanidade. A formação da brasilidade nas diversas áreas do nosso cultivo cotidiano, trouxe hábitos e costumes nunca vistos, em lugar nenhum, na arte, na culinária, no esporte, entre outros milhares que sofreram variadas mutações. Nessa passagem histórica ganhamos e perdemos costumes, mas quero destacar um hábito que as múmias do Egito sentem inveja, “a perseguição política” enquanto método permanente, inabalável.Vários acreditaram poder achar a fonte da juventude, onde poderiam se banhar destas águas e se perpetuarem por toda eternidade, quando criança acreditei, anos mais tarde me decepcionei com a idéia, mas volto a desconfiar da existência desta fonte, fico triste por não ter sido eu o desbravador, creio que os poderosos desse país, aqueles que historicamente se dão de bem com a miséria alheia, que governaram historicamente esta pátria a serviço contrário do povo trabalhador, acharam essa fonte e banharam a perseguição política para que fosse sempre jovem, forte, capaz de usar sua força quando os interesses da classe dominante brasileira for contrariado.
BREVE RELATO HISTÓRICOA repressão aos ideais libertadores não é novidade nem mesmo para os mais desinformados, os que não têm acesso a instrumentos de informação, do Brasil colonial ao contemporâneo mudaram as fardas, as cores, os rostos, mas as práticas permaceram no mesmo sentido, perseguição aos interesses da maioria.

Pra quem achar que o povo em algum momento se acomodou, estão completamente enganados, muitas foram às revoltas para que os direitos sociais fossem alcançados, as revoltas de índios, negros, nacionalistas, no período colonial, para garantir que o Brasil pudesse ser autônomo, de interesses próprios, uma pátria “livre”. Nas eras de Chumbo grosso, ditatorial e desumano, trabalhadores, intelectuais, jovens, lutadores que doaram a vida pela abertura política, o desejo de escolher através do voto os governantes. No Brasil contemporâneo, as organizações dos movimentos sociais, agremiações de classe, parlamentares, ajudaram a combater o desmantelamento do estado brasileiro e a venda das riquezas naturais do nosso Brasil, propondo uma alternativa política, elegendo um operário para presidência da republica.Todas essas movimentações do povo em fases diferentes da história estão ligadas, e acumularam força ao longo do tempo, elas sofreram com os mesmos métodos políticos, a brutalidade com que a classe dominante brasileira encarou os interesses da maioria, a perseguição política matou, torturou, humilhou, difamou, tudo isso na tentativa de apagar os sonhos por dias melhores.
É importante cristalizar pra todos, que um elemento fundamental nos entrelaça nas passagens da história brasileira, além da perseguição, a resistência, nunca esse povo maravilhoso, astuto, malandro deixou que a peteca caísse, conduziu a esperança por dias melhores até aqui, combateram a perseguição como pode, doaram vidas, para alimentar os SONHOS.OPERAÇÃO SATIAGRAHA X OS INTERESSES DOS QUE MANDAM NO BRASILNo dia oito de julho de 2008 aconteceria uma das maiores contravenções aos interesses dos endinheirados no Brasil, a prisão do especulador Daniel Dantas, junto com ele, sócios e funcionários laranja.Quantas vezes chegamos a nos perguntar se coisa parecida era capaz de acontecer no Brasil, um banqueiro ser preso, além disso, ser algemado, meu deus as coisas andaram mudando por aqui, logo que soube desta histórica prisão, achei que a justiça brasileira tinha finalmente tomado lado, outro lado.
A Operação Satiagraha foi inspirada no ativismo de Mahatma Gandhi, durante a luta pela independência da Índia, tem significado parecido de “a busca da verdade” esta diligência da Polícia federal foi para combater os desvios de verbas públicas, corrupção, lavagem de dinheiro e evasão de divisas, crimes cometido pelo especulador Daniel Dantas e as principais lideranças dessa quadrilha, o ex prefeito de São Paulo Celso Pita, o sonegador Naji Nahas, velhos conhecidos pelo auto grau de periculosidade e ação criminosa contra o patrimônio nacional, sem contar os subornos de autoridades públicas e outros crimes ainda não “comprovados” BREVE HISTÓRICO DO MEGA ESPECULADORDaniel Dantas é dono do Banco Opportunity, filho do Carlismo, amigo da direita brasileira, ligado especialmente ao PSDB, esse cara talvez seja quem mais lucrou na era Neoliberal, onde o patrimônio nacional foi duramente atacado, acumulou uma riqueza invejável em tão pouco tempo, mágicos do mundo inteiro tentam até hoje descobrir o segredo desse truque, como prefiro não ter muitas papas na língua, prefiro afirmar que este homem foi o operador dos maiores esquemas de venda e apropriação ilícita das riquezas nacionais.“1 por amor, 2 por dinheiro na selva é assim, você vale o que tem, vale o que tem, na mão, na mão” Racionais m’cs
ABALANDO AS ESTRUTURAS DO PODERO delegado envolvido na prisão de Daniel Dantas chama-se Prótogenes Queiroz, recentemente foi brutalmente afastado e sofre do mal histórico, a perseguição política a este funcionário público que ousou prender o sinistro banqueiro, ultrapassa todos os limites da tolerância, as pontes de comando do poder no Brasil, todas elas, se mobilizaram na defesa do amigo especulador.
O agenciador das privatarias na era FHC chegou a ser preso duas vezes, a primeira no dia 08 de julho de 2008, a segunda no dia 10 de julho do mesmo ano, nos dois casos o corajoso Juiz federal da 6º vara Fausto de Sanctis mandou prender Dantas.
O dono do opportunity, foi solto pela primeira vez devido a interderência democrática, limpa e honrosa do presidente do SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL Gilmar Mendes.Após dez horas solto pelo STF, Daniel Dantas foi novamente preso acusado de corrupção ativa, o pedido de prisão foi expediso novamente pelo juiz que nada teme, Fausto de Sanctis, O operador da privataria voltou a ser algemado.Novamente o nosso horroso presidente do Supremo exigiu a soltura de Dantas, alegando falta de provas. Desse jeito acabo mudando de opinião, a justiça brasileira ainda não tomou outro lado, e persegue raivosamente quem ousar fugir a regra. A Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), divulgou uma pesquisa onde aponta dados frustantes para o cidadão brasileiro, trabalhador, que paga seus impostos, altissímos por sinal, desde 1988 até maio de 2007, nenhuma autoridade foi condenada nas 130 ações protocoladas no STF. SOLIDARIEDADE AO AMIGO BANQUEIROAs fortes influências dentro da Câmara Federal, do Senado e outras instâncias do poder, fez alguns políticos correrem para a tribuna e chamar os policiais federais e o Delegado Prótogenes Queiroz de Gângsteres, por ter prendido o amigo especulador.Os senadores do PSDB, Artur virgílio e Tarsso Jereissati atacaram a operação Satiagraha e elogiaram o nosso horroso presidente do STF Gilmar Dantas por ter dado os Habeas Corpus ao sonegador e sua quadrilha.
“Se vocês estão a fim de prender o ladrão, podem voltar pelo mesmo caminho, o ladrão está escondido lá embaixo, atrás da gravata e do colarinho” Bezerra da Silva


DELEGADO PROTOGENES E JUIZ DE SANCTIS, NA MIRA DOS PODEROSOS
A mídia brasileira esforça-se para esconder a ligação entre Dantas e o PSDB, para afastar os indicios que levam as insanas privatizações na era FHC, nas vendas das riquezas nacionas a preço de banana, sem regras a privataria ergordou ainda mais os cofres já cheios dos especuladores, políticos corrupitos, entres outros espertalhões.Com histórica e fortissíma influência no Planalto Central, o esquisito banqueiro tem ligações que privilegiam suas operações. O delegado Protogenes Queiroz foi afastado da operação Satiagraha, primeiro com o pretesto de que o delegado teria que fazer um curso interno da própria Polícia Federal, por conta disso não poderia seguir a diante com as investigações, logo após, outros agumentos foram usados para o afastamento, exesso, uso de algemas, constragimentos dos suspeitos, esculta telefônicas ilegais, ocultação de conteúdo, falta de provas, blá, blá, blá, blá, blá, blá, blá..Os tentaculos dessa criatura vão de governos passados aos marcos do governo Lula, indicios de que petistas podem esta ligados em facilitações complica ainda mais a situação, o ex ministro José Dirceu é acusado de manter intimas ligações com Dantas. Mesmo num governo eleito por camadas populares fuçar operações de banqueiros pode ser muito perigoso.O Ministro da Justiça Tarço Genrro tentou explicar o inexplicavél e evidente, a equipe dos agentes federais envolvida na operação foi desmontelada, mudaram de funções, deram-lhes outros a fazeres, por telefone, o delegado ficou sabendo que estava fora do caso, pelo jeito o delegado e o juiz, sabiam em que buraco de formiga estavam metendo a mão, das que mordem e não larga.E não para por ai, prender um banqueiro no Brasil é motivo de perder a cabeça, algemar uma das principais representações do capital rentista que por conta própria investigou vários membros do alto escalão do governo, da executiva do PT e seus parlamentares, é mais perigoso do que acompanhar de perto os movimentos de uma cobra venenosa. A perseguição tomou proporções gigantescas, políticos importantes, empresários, magistrados, são muitas as solidariedades ao empresário de sucesso.Mesmo todo amparato econômico e político do chefão Dantas, o destemido Juiz Fausto de Sanctis, Sentenciou Dantas a 10 Anos de prisão, decisão que provocou polêmicas no meio endinheirado brasileiro. No dia 30, o juiz Fausto de Sanctis vai ter um processo disclipinar avaliado no Tribunal Regional Federal, de Sanctis é acusado de ter desobedecido uma determinação do Supremo Tribunal Federal (STF), por ter pedido pela segunda vez a prisão do amigo da direita brasileira, após o tribunal ter alegado falta de provas e liberado o banqueiro esquisito.A perseguição Política no Brasil inverte papéis. Por issoConvido o Povo a se unir contra essa histórica e perversa Prática da política Nacional!!


Leandro Silva é militante do Partido Comunista do Brasil (PcdoB), e membro do Movimento Social Brasileiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

utilize a sua inteligencia...