quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Amargor (Jr Borges)

Ai esse amargor que consome minha boca
que fazem da carne na carne pouca

da lacuna dos osculo
olhando por trás dos óculos

o desejo o medo.
A desentimidade no intimo carinho trocado

na falta do paladar
para te degustar
meu doce sabor

poluindo meu ardor
com sanguíneo amargor

de alma aflita prossigo desejando o fim
que se aproxima do amargor em mim....

Nenhum comentário:

Postar um comentário

utilize a sua inteligencia...