quinta-feira, 14 de julho de 2011

Mais um ataque contra uma comunidade tradicional de terreiro. ATÉ QUANDO?!

Pelo Ògã Luiz Alves/DF

(Um grande amigo)

Nesta sexta-feira 24/06, o centro religioso T.U.F.O.Y (Tenda de umbanda Filhos de Oxalá) do município da Fazenda Rio Grande,pegou fogo e segundo declarações incêndio foi criminoso.

O incêndio começou por volta das 21h e destruiu todo o terreiro, não se alastrou para a casa do pai de santo, Edson Luiz Verbaneck da Maia e das casas vizinhas graças a atuação do Corpo de Bombeiros, não houve feridos, somente a grande dor de toda uma comunidade religiosa de ver seu trabalho e história destruídos em poucos minutos.O forte cheiro de querosene que espalhou-se pela região já apontava para um incêndio criminoso,fato que se confirmou nesta segunda-feira,com o boletim emitido pela polícia que diz: CRIME CONTA O PATRIMÔNIO,CRIMES CONTRA A INCOLUMIDADE PÚBLICA,DANO QUALIFICADO,INCÊNDIO.

Um crime dessa natureza acontecia muito as décadas atrás, pois já houve muita perseguição à religião de matriz africana aqui no Brasil, no entanto, desde 1946 a Constituição Federal garante a liberdade religiosa em nosso país e atualmente além da liberdade religiosa a Constituição coloca no artigo 5º que é garantida na forma da lei a proteção aos locais de cultos e suas liturgias.

O que vemos é ainda uma realidade dura, na qual impera o desconhecimento e o preconceito a cerca da religião afro-brasileira, nos colocamos num país da diversidade, mas não respeitamos as diferenças. O culto do candomblé e umbanda é associado ainda com ações diabólicas por pessoas que não tem nenhum conhecimento a cerca dessas religiões e estão embasadas em idéias preconceituosas sem fundamentos, não podemos esquecer que nossas vidas são conduzidas por idéias que nos aprisionam ou nos libertam. Somente a experiência e o conhecimento podem nos dar a chave para discernirmos uma ideia da outra,para termos uma realidade diferente que respeite as diferenças. É necessário estarmos abertos para o diálogo com as heranças africanas a fim de superarmos a discriminação, a intolerância religiosa, enfim nos libertarmos de atos tão vergonhosos como esse praticado conta os filhos da T.U.F.O.Y.

Os filhos da T.U.F.O.Y., comunidade e simpatizantes estão em luto, mas indignados com essa ação.Acreditam que irão superar os danos materiais,mas ficarão as dores da alma. Entendemos que se faz necessário esse manifesto de indignação, para que o preconceito, a intolerância, o ódio e a inveja não se proliferem,e que os orixás os iluminem e perdoem esse ato desnecessário e cruel de quem não compreende a trajetória de nossa religião.

Essa caminhada é árdua, porém cheia de amor ao próximo,e temos certeza que os filhos e amigos da T.U.F.O.Y. erguerão a bandeira de Oxalá novamente,cheios de fé e serenidade para vencer mas esse desafio!

Blog: http://www.onibode.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

utilize a sua inteligencia...