quinta-feira, 14 de julho de 2011

Prêmio irá reconhecer ideias inovadoras para uso de tecnologias na educação

Educadores e empreendedores sociais de todo o país que desenvolvam projetos inovadores para o uso de novas tecnologias na educação, seja na escola ou na comunidade, podem ter suas ideias reconhecidas e premiadas. O Instituto Claro deu início às inscrições para a 3ª edição de seu Prêmio – Novas Formas de Aprender e Empreender. Ao todo, serão concedidos R$ 150 mil em prêmios aos vencedores que concorrerão nas modalidades “Inovar na Escola” ou “Inovar na Comunidade”.

A participação é aberta a educadores e professores, instituições educativas formais e não-formais, organizações do terceiro setor e ao público em geral, de todas as regiões do Brasil. Entretanto, como requisito para inscrição, é necessário que a ideia apresentada seja inovadora e com potencial de causar impactos positivos nos processos de aprendizagem. Também é importante que o participante tenha perfil articulador, de modo que possa identificar possíveis parceiros para auxiliar na implementação do projeto e efetivamente colocá-lo em prática.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas pelo site do Instituto Claro no endereço:www.institutoclaro.org.br/premio , onde também é possível consultar o regulamento do concurso. Outras informações podem ser obtidas, ainda, pelo e-mailpremio@institutoclaro.org.br ou pelo telefone (11) 3171.0998, das 13h às 18h.

O prazo para participar vai até 09 de agosto. Todos os projetos serão avaliados por uma comissão técnica composta por especialistas em educação, empreendedorismo e tecnologia, que será liderada por Paula Carolei, doutora em educação.

Para ajudar as pessoas que desejam colocar em prática suas ideias e inscreverem seus projetos, o Instituto Claro desenvolveu um infográfico com várias orientações. Nesse material, disponibilizado gratuitamente no portal do Instituto, é possível encontrar um passo a passo com dicas de como: identificar uma demanda, reconhecer a relevância do projeto, pensar nos processos para a implementação, estruturar um cronograma, pensar no orçamento e também os resultados esperados.

Histórico

Desde 2009, o Prêmio do Instituto Claro teve mais de 2.750 inscrições de todos os estados brasileiros. Ao todo foram selecionados 12 projetos que receberam no total R$ 250 mil em prêmios. “O Prêmio reflete a evolução do uso das tecnologias dentro e fora da escola e também em benefício da qualidade de vida das comunidades. Estamos muito satisfeitos com a evolução dessa iniciativa e por podermos mapear ações que estão sendo desenvolvidas em todo o Brasil”, afirma a vice-presidente do Instituto Claro, Carime Kanbour.

Fonte: BlogEducação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

utilize a sua inteligencia...