quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Capitális

Na capital do desemprego,
todo ano tem carnaval

Na capital do desemprego
ser camelô já é normal

Na capital do desemprego,
catar latinhas é natural

Na capital do desemprego,
desigualdade é surReal

Na capital do desemprego,
resto de feira é prato principal

Na capital do desemprego
andar de ônibus não tá normal

Na capital do desemprego
a violência cresceu total

Na capital do desemprego,
Educação está um caos

A capital do desemprego,
p’ra quem é de fora é bacanal

Na capital do desemprego,
a luta é injusta, racista e desleal

Na capital do desemprego,
de tudo um pouco
por capital.

Uilians Souza

Nenhum comentário:

Postar um comentário

utilize a sua inteligencia...