domingo, 18 de setembro de 2011

Iusão de Ótica - poesia de Cristiane Sobral

Ilusão de Ótica

Eu queria que você pudesse entender minha negritude
com os reflexos do mito da democracia racial
provocando lágrimas em seus olhos

Diante de outro ponto de vista
talvez você pudesse admitir a sua visão distorcida
suas opções estéticas equivocadas
seus modelos de beleza programados pela televisão

Eu queria que você compreendesse
a pele negra não é uma fantasia para o desfile do carnaval
não é uma capa para encobrir identidades maltratadas
a pele negra não é mais quente, nem mais forte nem mais exótica

Eu queria que você pudesse
enxergar com os óculos da percepção
muito além da minha melanina e dos meus quadris

Eu queria que você pudesse ir além do seu desejo
que pudesse enxergar o meu coração
mas talvez eu não estivesse enxergando muito bem
porque hoje compreendi o quanto o meu amor estava cego
Por detrás dos meus óculos românticos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

utilize a sua inteligencia...