terça-feira, 8 de novembro de 2011

Em dia de chuva

Quem vê essa imagem já sabe que
isso é só mais um dia de chuva na
capital baiana.


Quem acha que água no mundo está acabando não mora em Salvador. Hoje é dia de chuva. Dia de encher o saco da CODESAL. Dia dos helicópteros das emissoras de TV trabalharem. Eles passam boa parte do programa dando as poças de água os seus 15 minutos de fama. Dia de assistir matérias jornalísticas onde o pobre diz que perdeu tudo, enquanto ouvimos como tema musical "Firme e Forte" do Psirico. 

Êêêêê!! Não vou pra escola hoje!
Dia de postar no Blog porque, mesmo tendo compromissos, com essa chuva eu não vou poder cumprir nenhum, podendo ficar em casa e experimentar o delicioso sabor do ócio. Dia também em que os estudantes que não gostam de ir pra escola demonstram uma preocupação fora do comum em evitar a propagação do vírus da gripe. Dia de esculhambar a TRANSALVADOR e de ceder espaço num trânsito engarrafado para a ambulância da SAMU passar. 

Estrada interditada no bairro de São Caetano, em Salvador, faz do trânsito da região um caos.

Dia de postar nas redes sociais que a culpa disso tudo é da falta de planejamento dos governos anteriores e não dá sequer uma sugestão para resolver o problema. Dia em que muitos ficam debaixo do lençol o dia todo, sentindo tédio e monotonia enquanto detonam a TV aberta por não passar nada que preste. É também dia em que, com a desculpa do frio, o povo toma um banho só, e olhe lá!
Ai, minha chapinha!
Hoje é dia dos camelôs mostrarem sua espantosa eficiência. Os CDs e DVDs piratas, os óculos de sol feitos de plástico e os eletro-eletrônicos made in Paraguay inacreditavelmente desaparecem e todos, ao mesmo tempo, passam a vender guarda-chuvas. Onde vão parar as piratarias e de onde vem tanto guarda-chuva ainda é um mistério a ser desvendado.
Hoje é dia de ver as mulheres correndo pra debaixo das marquises para proteger os seus cabelos de verão.
Dia de encharcar o sapato e a calça que cola no corpo, ficando P da vida pela incapacidade do guarda-chuva de te proteger da cintura pra baixo.
Pedalinho: Meio de transporte que
promete se popularizar em Salvador.
Hoje é dia de lamentar a situação da nossa cidade sob a chuva. Se a Maratona de Farol a Farol fosse hoje, Wanderley Cordeiro ficaria pra trás e a briga seria entre Cesar Cielo e Thiago Pereira. Usando o pedalinho, você vai do Dique do Tororó à qualquer ponto da cidade.
Hoje é dia dos comerciantes lamentarem o baixo movimento em seus estabelecimentos. Ninguém sai pra comprar nada com medo da chuva. Pelo menos agora, agente pode fazer as compras Online e sem ter problemas para serem entregues em dia de chuva. Agora temos o "Submarino.com".
Hoje é dia de chuva e de parabenizar João Henrique. Ele cumpriu o prometido, ao povo mais humilde, por vários políticos a várias eleições: Hoje vai ter água e esgoto na casa de todo mundo. E de quebra, ele ainda ajudou a diminuir um pouco o desequilíbrio socioeconômico da cidade acabando com a supervalorização dos imóveis da orla, porque hoje a casa do pobre também vai ter vista pro mar.
Barsileiro é assim: Humor até debaixo d'água. Mas ele deve estar ligando pra CODESAL.

Se eu chegasse aqui e falasse sobre todos os problemas de Salvador relacionados a chuva, eu estaria sendo chato, repetitivo e fazendo o que todo mundo tá fazendo hoje: Metendo o pau no governo! Eu preferi fazer um texto que está mais de acordo com a personalidade do Brasileiro, que está sempre rindo da própria desgraça.
Deus que ajude a cidade de São Salvador!



Nenhum comentário:

Postar um comentário

utilize a sua inteligencia...