terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Contradição

Cansei de fingir quem não sou
Sou quem não você não consegue ver
Vejo a transparência do seu olhar
Olho e me vejo, em algum lugar
Lugar que não é este,
Este mundo de ilusões
Ilusões que jamais serão reais
Realidade Infeliz
A felicidade Contradiz
CONTRADIÇÃO é ser feliz
Agora serei eu, Eu somente Eu, CONTRADIÇÃO!!

2 comentários:

  1. Seu poema é um verdadeiro manifesto
    Muito bom!

    http://www.papel40kg.com

    ResponderExcluir
  2. Obrigada, Camila! Que bom que gostou!!Abs.

    ResponderExcluir

utilize a sua inteligencia...