quinta-feira, 22 de agosto de 2013

SÃOS OS MEUS........


SÃO OS MEUS.......
São os meus que são mortos
Todos os dias,
a cada dia morre mais um
esse mais um visto
como nada
O Estado fecha os olhos
Faz de conta que não sabe
São os meu que roubam
São os meus que são roubados
Perdem a vida
Perdem o sonho
São os meus que levam dois,três,quatro tiros
São os meus que são exterminados
São os meus que estão nos presídios
Tratados como animais
Tratados como nada
Moradores das favelas,dos guetos e vielas
Pretos como a noite
Ainda vivemos os pesadelos
Do açoite
Ainda sentimos as dores
Nossas chagas continuam abertas
Nossas feridas ainda sangram
O sal da lagrima pelos nossos mortos,
Salgam nossas vidas
São os meus que são vistos
 como cartas de baralho
São os meus
que estão morrendo


Sãos os nossos......

Raphael Mukumbi
                                  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

utilize a sua inteligencia...